Transmissão Automática da Nota Fiscal Eletrônica Sefaz no Microsiga Protheus Totvs


Está disponível o Serviço de Transmissão Automática da Nota Fiscal Eletrônica Sefaz, funcionalidade habilitada em paralelo à inicialização do Server do Microsiga Protheus® e configurada por meio da rotina Auto NF-e (CFGAUTONF), no módulo Faturamento.
Conforme as notas fiscais eletrônicas são geradas, o serviço do Microsiga Protheus® se encarrega de transmiti-las, automaticamente, de acordo com as séries definidas nos parâmetros, a exemplo do que é feito manualmente por meio da rotina NF-e Sefaz (SPEDNFE).

Procedimentos para Configuração
1. Acesse o módulo Configurador, opção Ambiente/ Cadastros/ Menus e inclua o item Auto NF-e (CFGAUTONF) no menu do módulo Faturamento.

Procedimentos de Utilização
1. Para o funcionamento satisfatório do serviço, crie o arquivo de configuração do ambiente com o nome “autonf.cfg” dentro do STARTPATH (diretório system na Versão P10).

2. No módulo Faturamento, opção Atualizações/ Faturamento/ Auto NF-e (CFGAUTONF), configure os parâmetros da rotina conforme orientações a seguir:

3. Informe o local do arquivo autonf.cfg por meio da ação Parâmetros e confirme.

 

4. Acesse a aba Configuração e informe os parâmetros, conforme as instruções a seguir:
Empresa
Empresa a ser processada, conforme cadastro de empresas autorizadas (SIGAMAT.EMP).
Filial
Filial a ser processada, conforme cadastro de empresas autorizadas (SIGAMAT.EMP).
Tempo
Tempo de intervalo de execução do serviço entre uma empresa e outra, em segundos. Pode ser
configurado a partir de 1 segundo.
Modo
Modo de execução do serviço. Valor Fixo 1.
Série
Série a ser considerada para envio.
NF Inicial
Nota inicial a ser considerada no envio, com 9 posições.
NF Final
Nota Final a ser considerada no envio, com 9 posições.
Importante
A ordem de processamento obedece à ordem dos registros. Caso seja necessário processar mais
de uma série, altere apenas o parâmetro Série e acrescente mais registros.

5. Acesse a aba Serviços e habilite o mesmo, caso esteja inativo.

6. Confirme as configurações.

 

 

Exemplo
Arquivo totvsappserver.ini após a habilitação do serviço.

Exemplo  job transmissao nfe totvs

Importante
Recomenda-se que seja configurado um serviço à parte para executar este JOB, de modo que não interfira no ambiente de produção.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.